TRAPICHE DO ATEU

UM BLOG DE ECOLOGIA MENTAL. PARA REPENSAR O HOMEM E SUA RELAÇÃO COM A VIDA E COM O MUNDO.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

ATEÍSMO NÃO É FILOSOFIA




(Cézanne)


Pode-se perguntar: o que colocar no lugar do deísmo? Nada. Não se coloca nada no lugar do deísmo. Quando se deixa de acreditar em deuses, não existe nenhuma outra crença ou filosofia para se colocar no lugar. Porque o ateísmo não é uma filosofia, é apenas um conceito antideus, anticriacionismo. O ateu não é um filósofo, é apenas alguém que não acredita nas bobagens deístas e criacionistas. Nada mais. Por isso, não há pregação pelo ateísmo, não há e não pode haver sociedades ateias ou templos e quaisquer outras besteiras desse tipo. Um ateu não sai por aí a pregar o ateísmo, porque não há o que pregar, o que defender. A crença em deuses é somente uma crença e nada mais. Ou seja: depende daquele ingrediente imponderável, inatingível e indiscutível chamado fé, a criação mais emblemática do deísmo. Acreditar em deus é um ato de fé. O problema é que esse ato de fé se transformou em religião, em filosofias, em metafísicas absurdas e excludentes. Por isso, o crente é um ser absurdo. Combater essa estupidez, sim, é um dever do ateu e de todos os que pensam um pouco além da estupidez humana em sua busca insana por eternidade, por mistérios e por milagres. Mas não há elementos de troca. O ateu não tem nada a oferecer ao crente para substituir sua fé, apenas a liberdade. Liberdade de pensar e buscar a sua própria Weltanschaaung, seu próprio ideário e seu próprio sistema ético.




6 comentários:

  1. Sei não... ateísmo não deixa de ser uma doutrina que infla o ego de muitos que não acreditam em nada. Aliás, um paradoxo, até mesmo o ateu acredita em algo; tem a sua teoria seus dogmas, seu idealismo,enfim, acredita que em nada acredita.(Há aí um acreditar...)

    Professor, porque os dicionários ainda grafam deus com D maiúsculo? (Isso dá um belo de um texto, hein!)
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Um esclarecimento ao Júlio: realmente eu acredito que "ateísmo" não é uma filosofia, é apenas um estado natural de não crença em divindades etc. A partir do ateísmo, pode-se elocubra "n" filosofias de vida... Quanto à grafia do nome "deus", não dou muita importância: grafia é apenas uma convenção. A língua alemã grafa todos os substantivos com maiusculas. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Professor.
    Obrigado por reforçar e ampliar o seu ponto de vista.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. eu acredito em DEUS,ja falei com ele,podem acreditar DEUS existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc pode falar com ele quando vc quiser. Ele que nao pode falar com vc.

      Excluir
  5. vocês estão tao preocupado com religião,e querem relacionar DEUS com religião,DEUS e uma força extraordinária,esta além de nosso entendimento,seu amor e gigantesco,ele e o único propoxito de toda a vida na terra.sem DEUS tudo não tem sentido.ele e o chão da humanidade,o porto seguro.se ele se afasta dos homens,as trevas tomara conta de toda a terra,pois já não haverá a luz.a luz fugirar dos homens,a humanidade renegou seu criador,e estará a sua própria sorte.as plantas secaram os animais morreram e toda a vida na terra se estinguira.eu digo isso por que sei que DEUS existe,ele já conversou comigo.e eu não tenho nada com religião,nao gosto de religião,mas a verdade e que DEUS existe.

    ResponderExcluir