TRAPICHE DO ATEU

UM BLOG DE ECOLOGIA MENTAL. PARA REPENSAR O HOMEM E SUA RELAÇÃO COM A VIDA E COM O MUNDO.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

UMA USINA DE SUPERSTIÇÕES, O CRISTIANISMO




(Brueghel - o triunfo da morte)


O cristianismo tem sido, ao longo do tempo, uma das maiores usinas de superstições já criadas pelo homem. Milhares de idiotices se espalharam pelo mundo e passaram a fazer parte do dia a dia humano. Absurdos sem a menor base lógica tratados como verdades absolutas e repetidos à exaustão por um povo idiotizado, sem que tenha a mínima possibilidade de pensar no motivo por que repete a mesma ladainha e o mesmo gesto ou por que é obrigado a fazer determinada coisa ou pensar isso e aquilo e seguir sempre as mesmas ordens idiotas de padres, pastores, ou que nome se outorgam os pregadores da fé, ou usar tal ou qual vestimenta dessa ou daquela cor ou ser proibido de fazer aquilo que todos fazem ou de sonhar o que a maioria sonha. Torna-se, com isso, o cristianismo um dos maiores entraves ao progresso intelectual da humanidade, uma religião de fracos, de escravos, como diz Nietzsche, mas também uma religião de homens e mulheres arrogantes e prepotentes até mesmo quando pregam a humildade e o amor ao próximo. Gente que prega o amor, mas não aprendeu a respeitar o próximo. Porque, se o próximo não comunga as mesmas ideias, é ou digno de dó ou digno do fogo do inferno.



Nenhum comentário:

Postar um comentário