TRAPICHE DO ATEU

UM BLOG DE ECOLOGIA MENTAL. PARA REPENSAR O HOMEM E SUA RELAÇÃO COM A VIDA E COM O MUNDO.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

EVOLUÇÃO DE UM EMBUSTE




(Ingres - grande odalisque)


O que mais me admira, na trajetória do cristianismo, é que, no começo, nos primeiros mil anos de sua existência, quando ainda se firmava no imaginário do povo, suas lições moralistas e sua pregação absurda não despertava mais do que riso e galhofa. Seu ideário nunca foi levado muito a sério, até que, aos poucos, ao longo do período que vai, mais ou menos, de 1.000 a 1.5000, quando a igreja romana se estrutura definitivamente, tornando-se poderosa e interferindo seriamente na vida política, social e econômica da Europa medieval, ela se torna mal humorada, carrancuda e vingativa, instituindo então sistemas de controle e de perseguição de seus inimigos. É quando a igreja romana cria monstros como a “santa” inquisição e papas de linhagem guerreira, como Alexandre VI; institui dogmas e um complexo sistema de valores, crenças e crendices que acabarão chegando aos nossos dias como um dos mais perfeitos sistemas de prestidigitação de toda a história do homem, capaz de conviver com a ciência contemporânea e não se abalar com suas descobertas, que contradizem tudo o que ela vem pregando nesses dois mil anos de embuste.


Nenhum comentário:

Postar um comentário