TRAPICHE DO ATEU

UM BLOG DE ECOLOGIA MENTAL. PARA REPENSAR O HOMEM E SUA RELAÇÃO COM A VIDA E COM O MUNDO.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

DEMÔNIOS DE DOIS MIL ANOS




(Mia Mäkilä)



Dois mil anos de história contam muito no imaginário do populacho ignorante. E o cristianismo, tendo à frente ainda a igreja romana que, embora combalida pelo ataque de centenas de seitas subsidiárias, permanece hegemônica no coração e nas mentes de seus fiéis, impondo ou tentando impor fundamentalismos num mundo carente de lideranças que digam ao povo como agir diante de tantos acontecimentos incomuns ou diante de iminentes conflitos que podem, pelo menos na imaginação do cidadão comum, levar a uma terceira guerra mundial. O cadinho de forças tenebrosas que se aglutinam para isso está fervendo. Os interesses econômicos falam mais alto. Chefes de estado lançam-se em aventuras bélicas de trágicas consequências. Terroristas decretam o fim das imunidades: ninguém pode se considerar seguro. A violência recrudesce nas grandes cidades. A miséria torna-se epidêmica e epidemias de doenças contagiosas e incuráveis tomam de assalto populações inteiras. O diabo parece, sim, estar solto. E, para combater o pessimismo, haja mais pessimismo: visões apocalípticas atraem os ignorantes para os braços dos aproveitadores de sempre. E esses aproveitadores soltam todos os demônios que o cristianismo cultivou durante os dois mil anos de sua história, para amedrontar os incautos e firmar seus fundamentalismos e garantir mais mil anos de obscurantismo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário